terça-feira, 9 de março de 2010

Amizade





Ser amigo é compreender, ajudar, se doar, perdoar, ser assertivo, é dialogar, visitar, andar juntos, é amar, amar e amar.
Porém toda amizade pra ser amizade mesmo, deve haver um retorno pro outro. A amizade é uma via de mão dupla. Não dá pra um ser amigo sozinho, enquanto ele não recebe um retorn dessa amizade. Apenas dizer que amae que está com saudades nçao basta. Mas surpreenda seu amigo com uma vista, cumpra com uma promessa que fez a ele, escreva uma carta carinhosa, faça uma sobremesa que ele goste e chame-o, se esforce para agradá-lo. Tenho certeza que vocês ficarão mais unidos.
Ser amigo não é ficar sentado esperando ser servido, é servir.
Ser amigo é dizer tudo o que pensa sem ferir e se ferir pedir perdão.
Ser amigo não é só sorrir é chorar junto também, quem sabe até se abraçar.
Ser amigo não é só falar mansinho coisas agradáveis, mas sim falar com autoridade coisas que não nos agrada, mas que são verdade.
Ser amigo não é procurá-lo só na hora da necessidade, mas sim ter necessidade de encontrá-lo.
Ser amigo não é só falar é agir.
Não coloque dificuldades para ver seu amigo, porque ele pode estar precisando muito de você.
A velha amizade verdadeira jamais é trocada pelas mais novas.
Cuide de seu amigo, ele pode ser mais para você.

"Em todo tempo ama o amigo e na angústia se faz o irmão."
Provérbios 17.17


-----------------------------------------------------

Diz uma linda lenda árabe que dois amigos
viajavam pelo deserto e em um determinado
ponto da viagem discutiram.
O amigo ofendido, sem nada dizer,
escreveu na areia:


HOJE, MEU MELHOR AMIGO ME BATEU NO ROSTO.


Seguiram e chegaram a um oásis
onde resolveram banhar-se.
O que havia sido esbofeteado começou a
afogar-se sendo salvo pelo amigo.
Ao recuperar-se pegou um estilete
e escreveu numa pedra:


HOJE, MEU MELHOR AMIGO SALVOU-ME A VIDA.


Intrigado, o amigo perguntou:


Por que depois que te bati,
você escreveu na areia e agora que te salvei,
escrevestes na pedra?


Sorrindo, o outro amigo respondeu:


Quando um grande amigo nos ofende,
devemos escrever na areia onde o vento
do esquecimento e do perdão se encarregam de apagar.
Porém quando nos faz algo grandioso,
devemos gravar na pedra da memória e do coração;
onde vento nenhum do mundo poderá apagar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá
Faça seu comentário
Após a aprovação ele aparecerá no Blog.
Será sempre um prazer tê-lo por aqui.
Abraços de Karla Soares